• blogdojotaeme

1989 - O Escolhido, livro que revisita a conquista de 89 pelo Botafogo vai ser lançado em outubro.

A torcida botafoguense está prestes a conhecer, e em alguns casos recordar, histórias mirabolantes sobre a decantada conquista alvinegra em 1989, que pôs fim a um jejum de 21 nos de título estadual. A jornalista Aline Bordalo acaba de concluir o livro “1989 – O escolhido: a trajetória da gloriosa conquista do título do Campeonato Carioca de 1989 e seus heróis”.


E aqui, a palavra heróis não está reduzida aos jogadores como Maurício, Mauro Galvão, Carlos Alberto Santos, liderados pelo comandante dos pampas Valdir Espinosa. Mas se estende também aos torcedores do time da Estrela Solitária que brilhou no Maracanã naquela noite de 21 de junho, e parou o Rio de Janeiro, fazendo a Cidade Maravilhosa respirar apenas as cores alvinegras por uma semana.

Capa do livro 1989 - O Escolhido Reprodução internet


Os torcedores ganharam espaço no último capítulo do livro, contando suas histórias de como foi aquela noite dentro ou fora do Maracanã e os impactos daquele momento em suas vidas. Assim, eu também pude perpetuar minha história que está associada ao nascimento da minha primeira filha, a Rachel, que me impediu de ir ao Maracanã, mas estava comigo na alegria e emoção de acompanhar aquela conquista pela televisão.


Aline Bordalo, jornalista esportiva há mais de 20 anos, com passagens por TVs Globo, Band e SporTV e atualmente responsável pelo canal Botafogo Nela no Youtube, decidiu unir seu amor ao Botafogo à experiência de cobertura de eventos esportivos para revisitar muitas histórias daquela conquista. Com a ajuda de Maurício, considerado um dos principais personagens daquele título, ela pôs o coração na ponta do lápis e passou para o papel toda a emoção vivida pelos botafoguenses a cada rodada do campeonato.


A jornalista contou que a ideia surgiu a partir de uma Live do Maurício no canal dela. “O Maurício disse que tinha um projeto engavetado há muitos anos, que era uma espécie de biografia dele, no ano de 1989 no Botafogo. Me ofereci para escrever. E quando acabou a Live ele me ligou e perguntou se eu queria mesmo escrever. Respondi, lógico, que queria, e no dia seguinte comecei a fazer pesquisa na internet”, disse Aline, que procurou ver todos os jogos, entrevistas e outras matérias envolvendo a campanha da conquista.

Aline e Maurício Reprodução/arquivo da Aliine


De acordo com a jornalista, o torcedor Márcio Lima teve papel preponderante na pesquisa, porque emprestou para Aline toda coleção que guardava do Jornal dos Sports, o famoso cor de rosa. “Foram essenciais para a escrita porque tem muitos detalhes de toda conquista. Muitos coleguinhas que cobriram o Botafogo na época como o radialista Valdir Luiz, o jornalista Márcio Guedes, que acompanharam a pré-temporada do Botafogo em Friburgo também foram fundamentais me passando informações com novos detalhes da preparação do time no isolamento da serra de Friburgo” revela Aline, ressaltando que fez uma incursão naquele passado distante.


Ela lembra que o isolamento social motivado pela pandemia da Covid-19 também favoreceu o mergulho no passado porque serviu como uma espécie de válvula de escape da situação imposta pelo vírus à sociedade. “Então, eu me transportei para aquele ano. Vi todos os jogos da campanha. Até porque na época eu tinha apenas 13 anos e não lembrava muitos detalhes” ressalta a jornalista ao revelar ter sido uma das maiores alegrias de sua vida a escrita do livro.


“Acho que consegui passar a emoção das entrevistas”, diz ela, lembrando que esse mergulho no tempo, desvelando novas visões e promovendo novas emoções nos mesmos personagens daquela epopeia. E uma das entrevistas mais emocionantes para Aline foi a do narrador da extinta TV Manchete Paulo Stein, “que passou vários minutos falando, e se colocou à disposição para novas informações, mas infelizmente ele veio a falecer logo depois”, disse.


A realização do projeto foi possível graças a sua exposição na plataforma Kikante que arrecadou dinheiro com a venda antecipada ou pré-venda. O projeto do livro está detalhado na página do livro 1989 – o escolhido, na internet e definido como um livro de arte, com capa dura, tamanho 21x21 cm, com aproximadamente 200 páginas, que mostrará várias fases e detalhes da conquista através das manchetes e registros dos jornais da época, depoimento de jornalistas que cobriram o clube, radialistas que narraram jogos e muitos dos jogadores que participaram da campanha. “O livro perfeito para deixar à mostra, na mesa da sala, para compartilhar com as visitas, um registro eterno desta glória do Botafogo”, ressalta o texto na internet.


Foram colocados vários planos com valores para todos os bolsos, que variam entre R$ 89,00 a R$ 2.189,00 para pessoas físicas, além de dois planos para empresas com valores superiores a R$ 3 mil. Os planos dão direito além do livro impresso a outros objetos como boné e camisa do Maurício. Tem um que dá direito inclusive ao adquirente participar de uma partida de futebol com os jogadores da conquista que será realizada no Rio para comemorar e coroar o projeto do Maurício. A campanha de venda do livro pela internet, aliás, foi prorrogada por mais 60 dias, segundo Aline.


E para alegria geral da torcida alvinegra, o livro já tem previsão de lançamento. Deve acontecer na primeira quinzena de outubro deste ano, revelou Aline, ressaltando que isso será possível graças à redução dos casos de contaminação da Covid-19. Vai ser uma noite inesquecível, que o Maurício já começa a planejar com a direção do clube para acontecer no casarão da Rua General Severiano, sede do Botafogo. Eu quero estar presente!


9 views0 comments