• blogdojotaeme

Guto desinventa no segundo tempo e consegue fazer Vozão vencer o Leão de Vojvoda: 3x1

Deu Vozão no primeiro Clássico-Rei da Série A em 2021. O Ceará venceu de virada o Fortaleza por 3 a 1, na noite deste domingo, 1, na Arena Castelão, chegou aos 22 pontos e permanece em 7º lugar na tabela. O Leão do Pici abriu o placar no início do jogo com Tinga, mas sofreu a virada no segundo tempo. Kelvin, ainda no primeiro tempo empatou; Cléber e Rick fecharam o placar.


Guto Ferreira quis neutralizar o controle de jogo do Fortaleza imposto por Vojvoda, escalando um meio de campo mais combativo formado por Kelvyn, Marlon e William Oliveira, além de deslocar o segundo volante Fernando Sobral para a lateral direita. Não deu certo. O Fortaleza tinha controle absoluto do jogo e abriu o placar aos 10 minutos do primeiro tempo com Tinga que aproveitou rebote dado pelo goleiro Richard que espalmou cabeçada de Matheus Jussa.

Kelvyn comemora seu gol Reprodução do site cearasc.com (Felipe Santos)


O Ceará não conseguia passar do meio de campo. Seus jogadores erraram muitos passes e não conseguiam conter o poderio tricolor. Além disso, Vina escalado como falso centroavante não recebia a bola, nem conseguia criar opções para seus companheiros. Mendoza também estava em noite pouco inspirada e nada produzia. Mas aos 36 do primeiro tempo, Lima em jogada individual pela direita conseguiu cruzar e Felipe Alves não conseguiu interceptar. Kelvyn que é lateral esquerdo e jogava improvisado no meio aproveitou a falha do goleiro tricolor e escorou pro fundo das redes empatando a partida.


O segundo tempo foi totalmente diferente devido as mudanças promovidas por Guto Ferreira. Logo no intervalo entraram Cleber no lugar do Kelvyn e Fabinho no de William Oliveira. Aos 10 minutos, Guto tirou Marlon e colocou Buiú, que foi pra lateral direita, com Sobral indo para sua posição original. A partir daí o Ceará igualou as ações com o Tricolor. Aos 25 minutos do segundo tempo, Mendoza que parecia dispersivo deu lugar ao garoto Rick que foi responsável direto pela mudança do jogo.


Em jogada de bate-rebate na área do Leão, Cleber cabeceou para o gol, mas incialmente, o árbitro da partida Denis da Silva Ribeiro Serafim anulou o gol que foi validado pelo VAR quase cinco minutos depois. Pouco antes do segundo gol, Guto já tinha trocado o improdutivo Vina por Jorginho que deu mais consistência ao time. E aos 40 minutos em jogada individual pela direita o menino Rick se livrou de dois marcadores, invadiu a área e chutou quase sem ângulo e a bola passou entre as pernas do goleiro Filipe Alves.


Depois do golaço, ao fim do jogo, Rick dedicou o gol a mãe aniversariante do dia e revelou o time do Ceará almeja ficar entre os classificados para Libertadores da América. A vitória muito comemorada por Guto Ferreira, comissão técnica e os jogadores mostrou que no futebol não se deve inventar, mas jogar com simplicidade em busca da vitória a começar pela escalação acertada dos jogadores.

1 view0 comments