• blogdojotaeme

Na estreia de Enderson Moreira, Botafogo vence primeira fora de casa: 1 a 0 no Confiança

Foi sofrida, chorada, sem brilho, no peito e na raça, mas finamente o Botafogo conseguiu sua primeira vitória fora de casa neste Campeonato Brasileiro da Série B, edição 2021. O alvinegro carioca foi a Aracaju e conseguiu vencer por 1 a 0 o Confiança, na tarde deste sábado, 24, na Arena Bastião. O gol foi marcado por Romildo, aos 45’ do 1º tempo, o primeiro como profissional, muito comemorado por ele, em sua página no Twitter: “Muito feliz pelo primeiro gol como profissional e mais ainda pela vitória da equipe!! Vamos juntos na busca do nosso objetivo! Gratidão por esse momento, meu Deuss!

Postagem do autor do gol, Romildo Reprodução da internet


Com a vitória, o Botafogo põe fim a uma sequência de cinco jogos sem vencer e de outra do mesmo tamanho por sofrer gols. Completamente desfigurado em função de cinco desfalques, o time não apresentou um bom futebol, principalmente porque o meio de campo formado por Barreto, Romildo e Marco Antônio, errava muitos passes em função do desentrosamento dos jogadores que não tinham jogado juntos na competição.

Romildo: alegria do primeiro gol como profissional Reprodução Botafogo internet


A vitória marcou ainda a estreia de Enderson Moreira, novo treinador do Glorioso, que acabou sendo expulso por ofensas ao quarto árbitro, segundo relatos do árbitro da partida, Zandick Gondim Alves Junior, da Federação de Futebol do Rio Grande do Norte na súmula da partida. Após colocar que o técnico do Botafogo recebeu o primeiro amarelo por reclamação, Zandick citou que Enderson ofendeu de maneira ostensiva o quarto árbitro Michael Vinicius Santos Freitas de Sergipe. Enderson ficou exaltado e se dirigiu de forma ostensiva ao quarto árbitro dizendo que ele era despreparado para exercer a função.


Jogadores do Botafogo reclamaram, todavia, da arbitragem de Zandick, considerada por eles, confusa e tendenciosa para o Confiança. O lateral direito Daniel Borges foi um dos que reclamaram, afirmando ter faltado critério, principalmente na expulsão do Warley. “A arbitragem tem que ter critério. No primeiro tempo o Neto Berola fez três faltas em mim, em que ele poderia ter sido expulso e mudar a situação do jogo. E quando Enderson e Warley foram expulsos a gente acabou também perdendo um pouco o controle do jogo, o que é normal. A gente tinha um jogador a menos e num campo pesado isso acabou atrapalhando o nosso rendimento. Mas, o mais importante foi que hoje conseguimos uma vitória com a chegada de um novo treinador”, disse Daniel Borges.


1 view0 comments